Quando a regra virou exceção

Standard

Entre os assuntos recorrentes na mídia, mormente nas redes sociais, uma vez que o fato originou-se daí, foi o case “Rei do iPhone”.

De forma sucinta, para quem não acompanhou o fato, a empresa resolveu o problema de seu cliente de forma instantânea, e sem custo algum. Visto que, foi “apenas” um reparo muito simples. Como pagamento, pediu apenas que mostrasse o seu cartão aos amigos (antes disso, o cliente havia passado por outra(s) empresa(s), que lhe deram um orçamento, de certa forma, alto).

Satisfeito com a atitude do prestador de serviço – e com a honestidade do mesmo, esse cliente resolve publicar na web o ocorrido, juntamente com o cartão da empresa em questão. Publicação que teve um alcance muito grande (mais de 70 mil compartilhamentos e 300 mil curtidas), em muito pouco tempo. Resultando em um aumento de 900% em suas vendas.

Relembrando a questão: “apertar 1 parafuso: 1 real X saber qual parafuso apertar 999 reais”, pode não ter sido o caso, já que a franqueza nesse caso fez a diferença.

Estratégia? Provavelmente o “Rei do iPhone” não pensou nisso, tampouco que teria tamanha repercussão.

A partir disso, podemos analisar alguns pontos indubitavelmente interessantes: a honestidade do prestador de serviço, juntamente com a gratidão do cliente satisfeito, no ambiente online, resultou em uma ação eloquente de marketing – sem custo algum (financeiramente falando).

Isso mostra o quão importante e influente tornou-se a internet, onde qualquer um pode ter uma audiência inimaginável. O autor Gil Giardelli, cita os chamados “advogados de marca” e sua presença na internet, clientes fidelizados. Esse cenário deixa claro às empresas, que devem sim se preocupar com a internet e estar presentes.

Um dos motivos da repercussão desse case, foi o fato de que – infelizmente – a regra virou exceção.

Alysson Ajackson – 05/2016

Facebook Comments

How to fix jQuery DataTables header fixed not scrolling horizontal

Standard


If you have this issue, I just found a simple-but-not-the-best-one solution to solve the problem.

Facebook Comments

O que a tecnologia tem mudado

Evolução dos serviços pela internet serviços on demand
Standard

A tecnologia tem mudado um pouco a forma que se consome alguns serviços, até mesmo tem nos tornado mais seletivos. Atualmente, temos a opção de assistir quando quisermos, o que quisermos, com serviços como ‪#‎youtube‬ ou ‪#‎netflix‬, sendo que, o youtube, por exemplo é totalmente gratuito.

Seguindo essa ideia, serviços que oferecem música de uma forma diferenciada (‪#‎spotify‬, ‪#‎lastFM‬ etc) – quando antes comprávamos CDs, DVDs ou a música propriamente dita em sites legalizados de download de música.

Isso implica que, os serviços de TV por assinatura precisam inovar. Como ocorreu há um tempo no mercado de fotografias e afins, quando a polaroid perdeu para as câmeras digitais, por ter demorado a entender que as pessoas queriam a foto de forma instantânea, porém, não necessariamente impressa. A foto exibida em uma tela, em tempo real seria o ideal.
As emissoras de TV, no entanto, já tem inovado, fornecendo parte de sua programação através de aplicativos fornecidos pelas próprias.

A “revolução” se extende aos serviços de comunicação. Podemos perceber, ao longo do tempo, que o ‪#‎SMS‬ foi deixado de lado, por conta do whatsapp, que também influenciou na redução do volume de chamadas de voz convencionais, uma vez que passou a oferecer chamadas “gratuitamente” (pois paga-se pelo plano de dados).

Na internet vimos algo parecido, quando a comunicação instantânea que era muito grande com o ‪#‎MSN‬, caiu, quando veio o chat do facebook entre outros, e agora compete com o ‪#‎whatsapp‬ – tanto que o ‪#‎facebook‬ lançou um aplicativo separadamente para o serviço de mensagens, forçando todos os usuários a fazer a instalação.

Talvez a preocupação com a limitação do consumo de dados na internet esteja diretamente ligado à essa revolução do mercado, que, em alguns casos, tem a opção (poder) de moldar seu mercado consumidor, quando a capacidade de inovar ou acompanhar o digital é pouca.

Alysson Ajackson, 2016/04

Facebook Comments

How to auto start apps on Windows 8 system startup

windows-8-startup-folder-start-screen
Standard



Just run, from the Windows 8 apps screen, or by the “run menu” (windows key + R), then type: “shell:startup”.
A windows folder will be opened, so you can put any shortcurts to apps that you want to start with your Windows 8 OS.

Facebook Comments

Palestra Git e Github para iniciantes

Standard

Palestra ministrada por mim, no evento Uni+ nos 50 anos do Centro Universitário de Belo Horizonte – UNIBH.

[slideshare id=40834671&doc=slides-git-e-github-para-iniciantesalysson-ajackson-141028140606-conversion-gate02]

Roteiro

i. Conhecendo o GIT
ii. Vocabulário: expressões estranhas e alguns comandos
iii.Entendendo um ambiente de desenvolvimento com GIT
iv. Criando um repositório
v. Alterações e commits
vi. Enviando e recebendo (remotes)
vii. Conhecendo o GitHub
viii. Criando um repositório
ix. Compartilhando seu código

Facebook Comments

GIT Initial config

Standard


Before your start to commit into your repo, you should set some info:

  • Name:
    git config --global user.name "Your name"
    
    
  • E-mail:
    git config --global user.email "[email protected]"
    
    

You can also, set some “shortcurts” for the frequently used commands:

  • the command git status:
    git config --global alias.s status
    
    
  • the command git commit:
    git config --global alias.c commit
    
    
  • *after setting this, you can run “git status” as “git s”, or “git commit -m …” as “git c -m …”

    Facebook Comments