O que a tecnologia tem mudado

Evolução dos serviços pela internet serviços on demand
Standard

A tecnologia tem mudado um pouco a forma que se consome alguns serviços, até mesmo tem nos tornado mais seletivos. Atualmente, temos a opção de assistir quando quisermos, o que quisermos, com serviços como ‪#‎youtube‬ ou ‪#‎netflix‬, sendo que, o youtube, por exemplo é totalmente gratuito.

Seguindo essa ideia, serviços que oferecem música de uma forma diferenciada (‪#‎spotify‬, ‪#‎lastFM‬ etc) – quando antes comprávamos CDs, DVDs ou a música propriamente dita em sites legalizados de download de música.

Isso implica que, os serviços de TV por assinatura precisam inovar. Como ocorreu há um tempo no mercado de fotografias e afins, quando a polaroid perdeu para as câmeras digitais, por ter demorado a entender que as pessoas queriam a foto de forma instantânea, porém, não necessariamente impressa. A foto exibida em uma tela, em tempo real seria o ideal.
As emissoras de TV, no entanto, já tem inovado, fornecendo parte de sua programação através de aplicativos fornecidos pelas próprias.

A “revolução” se extende aos serviços de comunicação. Podemos perceber, ao longo do tempo, que o ‪#‎SMS‬ foi deixado de lado, por conta do whatsapp, que também influenciou na redução do volume de chamadas de voz convencionais, uma vez que passou a oferecer chamadas “gratuitamente” (pois paga-se pelo plano de dados).

Na internet vimos algo parecido, quando a comunicação instantânea que era muito grande com o ‪#‎MSN‬, caiu, quando veio o chat do facebook entre outros, e agora compete com o ‪#‎whatsapp‬ – tanto que o ‪#‎facebook‬ lançou um aplicativo separadamente para o serviço de mensagens, forçando todos os usuários a fazer a instalação.

Talvez a preocupação com a limitação do consumo de dados na internet esteja diretamente ligado à essa revolução do mercado, que, em alguns casos, tem a opção (poder) de moldar seu mercado consumidor, quando a capacidade de inovar ou acompanhar o digital é pouca.

Alysson Ajackson, 2016/04